Galeria de fotos

5 de outubro de 2017

Jovens Tremembés de Almofala conversam sobre direitos, política pública e controle social

  Doze jovens de Itarema, Aldeamento Tremembé de Almofala e Adeia da Praia participaram da formação que ocorreu nos dias 29 e 30 de setembro, na Escola Indígena Maria Venância. As formações fazem parte do projeto Urucum – Fortalecendo a autonomia político-organizativa dos povos indígenas, realizado pela Adelco – Associação para Desenvolvimento Local Co-produzido e Esplar –

4 de outubro de 2017

Juventude Indígena no Ceará se encontra em Poranga

Durante os dias 29, 30/09 e 01/10, jovens de todas as regiões do estado encontraram-se em Poranga-Ce. O Povo Tabajara, da Aldeia Cajueiro, recepcionou os quase 70 jovens com um bonito toré, cantos, muitos sorrisos e um coração enorme. O Encontro foi organizado por uma comissão da Juventude Indígena, pela Adelco, via projeto Urucum; pelo

27 de setembro de 2017

Movimento indígena do Ceará reafirma escolha de caciques Pitaguary e convoca união dos povos

Ao redor de uma grande mangueira, os/as caciques, pajés e lideranças indígenas das tribos cearenses invocavam a benção dos encantados, cantando e dançando o toré, a dança guerreira. Com chocalhos e tambores, reverenciavam Pai Tupã, Mãe Tamaí e entoavam canções de lamento pelos povos indígenas expulsos de suas terras e que  agora lutam para ter

21 de setembro de 2017

Jovens indígenas no Ceará realizam encontros em Poranga e Caucaia

O evento tem a organização da Adelco, via projeto Urucum, da Juventude Indígena do Ceará, do Esplar e União Europeia, com o apoio do Governo do Estado do Ceará. Participarão jovens indígenas de todas as aldeias do estado que têm entre 15 e 29 anos. Acompanhe a programação e participe! Seminário de Formação da Juventude

12 de setembro de 2017

Caciques, Pajés e Lideranças Tradicionais do Ceará realizam encontro em Maracanaú

Indígenas de todo o estado promovem evento que discutirá a espiritualidade como fortalecimento da luta; processo de organização nas comunidades; leitura do estatuto para criação de uma nova entidade estadual indígena; encontro para os representantes do Condisi – Conselho Distrital de Saúde Indígena, dentre outras pautas. O evento pretende reunir as 14 aldeias do Ceará

11 de setembro de 2017

Povo Tapeba reune-se para festejar portaria com a declaração dos limites de suas terras

Os povo Tapeba, parentes de outros povos e apoiadores indigenistas reuniram-se dia 09.09, na Escola Indígena Índios Tapeba para comemorar uma grande vitória: o reconhecimento das terras pelo Ministério da Justiça. Weber Tapeba, advogado e vereador indígena, afirma que a luta segue firme: “A luta não termina aqui. A portaria não pode servir como pretexto

8 de setembro de 2017

Adelco e Povo Tapeba: quando as histórias se misturam

A vitória do Povo Tapeba é a felicidade da Adelco – Associação para Desenvolvimento Local Co-produzido. Quando começamos nossa caminhada, em 2001, os Tapebas foram os primeiros indígenas a formarem uma parceria forte conosco e a confiarem que suas lutas também eram nossas. 16 anos depois, a parceria continua cada vez mais firme. Por isso,

5 de setembro de 2017

Rosa líder

Rosa nasceu na aldeia Jucás, veio ao mundo na etnia Potyguara, sempre foi índigena. Contudo, foi há dezessete anos que atendeu ao chamado de seu povo para se tornar uma líder e defender seus parentes. Ela deixou o trabalho de diretora escolar em Monsenhor Tabosa, tornou-se uma militante voluntária no movimento indígena e tomou um

5 de setembro de 2017

Mulheres indígenas do Ceará lideram a busca por direitos e combatem feminicídio nas aldeias

Por Comunicação  Esplar, Centro de Pesquisa e Assessoria. Como uma árvore que precisa ser desentortada para erguer-se. Esta é a simbologia que a líder Pitaguary, Ana Clécia Souza Nascimento, encontra para explicar a luta das mulheres indígenas por liberdade e representatividade. Criadas sob o peso de costumes repressores, que as calavam e apartavam das rodas

4 de setembro de 2017

Oca dos Tabajaras recebe formação sobre Legislação Indígena e Políticas Públicas

Desta vez foram os indígenas da etnia Tabajara, do Olhos D´água dos Canutos, em Monsenhor Tabosa, receberem Adelle Azevedo, Artur Alves e Cíntia Moreira, a equipe da Adelco e do Esplar para dois dias de bate-papo sobre “Direitos, Políticas Públicas e Controle Social”. No sábado, 02.09, a conversa foi sobre Legislação Indígena e no domingo,