O projeto Etnodesenvolvimento – Ceará Indígena tem como perspectiva a melhoria da qualidade de vida de comunidades indígenas do Ceará, dinamizando a economia solidária local, fortalecendo o turismo comunitário e favorecendo melhores condições de segurança alimentar, considerando sempre as diversas culturas e etnias. O público beneficiado pelo projeto são as etnias indígenas Jenipapo-Kanindé, Tapeba e Kanindé de Aratuba, além de ações de sensibilização nas comunidades Anacé, Pitaguary e Tremembé. Com patrocínio da Petrobras, o projeto é executado pela Associação para Desenvolvimento Local Co-Produzido (Adelco).

O projeto segue os princípios do etnodesenvolvimento,que prioriza o fortalecimento da cultura e da identidade étnica; a autodeterminação, a territorialidade e a autogestão, elementos fundamentais na construção do desenvolvimento social.

Etnias apoiadas

• Jenipapo-Kanindé, em Aquiraz, litoral leste da região Metropolitana de Fortaleza.A comunidade
conta com 364 indígenas.
• Kanindé de Aratuba, em Aratuba. Total: 659 indígenas, em duas aldeias, Fernandes e Balança.
• Tapeba,no município de Caucaia, com população de 6.552 indígenas, em 17 comunidades.
• Anacé, em Caucaia e São Gonçalo do Amarante, 1.262 indígenas.
• Pitaguary,nos municípios de Maracanaú e Pacatuba, com população de 3.765 indígenas.
• Tremembé de Itapipoca, Itarema e Acaraú,num total de 522 índígena

Ações Específicas

A voz individual e coletiva dos índios é coautora do Etnodesenvolvimento – Ceará Indígena, que vai se redesenhando a partir do planejamento conjunto e do diagnóstico das necessidades locais.

Atividades teóricas

  • Oficinas, cursos e eventos de sensibilização

Atividades práticas

  • Visitas de campo, diagnósticos participativos, construção de mandalas, implantação de quintais produtivos, implementação de processos de planejamento de produção, construção de ocas, reforma de museus e pousadas, sinalização de trilhas ecológicas, construção de calendários de eventos culturais-ambientais, elaboração e execução de  um plano de negócio e de comunicação, incentivo à participação nos encontros de intercâmbio de experiências e dos encontros estaduais e nacionais sobre economia solidária, agroecologia e agricultura familiar.

As ações desenvolvem reflexão crítica e metodológica que valorizam a participação das mulheres, contribuindo para a igualdade de gênero.

Notícias desse projeto

25 de novembro de 2015

Povo Kanindé comemora cem anos

Tradição, memória, cultura e resistência. Foi assim que o povo Kanindé celebrou, no último dia 20 de novembro, a passagem do centenário do povo Kanindé.  A população indígena reside nos municípios de Aratuba e Canindé. Pela manhã, os indígenas saíram em caminhada pelas ruas principais de Aratuba até a praça municipal onde fizeram a entrega de

18 de novembro de 2015

I MARCHA DA TERRA: POVOS INDÍGENAS DO CEARÁ: TODOS CONTRA A PEC 215 – Dia 19 de novembro.

‎I MARCHA DA TERRA: POVOS INDÍGENAS DO CEARÁ: TODOS CONTRA A PEC 215 – Dia 19 de novembro. A concentração ocorrerá a partir das 8h na Praça da Bandeira no Centro de Fortaleza e seguirá até o Palácio da Abolição (Sede do Governo Estadual). A despeito dessas violações e ataques, destacamos a tramitação da PEC

19 de outubro de 2015

Etnodesenvolvimento Ceará Indígena realiza visita técnica as comunidades Tapeba

O projeto Etnodesenvolvimento Ceará Indígena realizou, nos dias 15 e 16 de outubro, visita técnica aos quintais produtivos dos povos da etnia Tapeba, em Caucaia-CE. O objetivo foi observar o desenvolvimento e o manejo dos animais entregues aos indígenas beneficiados. Ao todo o projeto, desenvolvido pela ADELCO com patrocínio da Petrobras, acompanha 17 quintais produtivos

5 de outubro de 2015

Kanindé de Aratuba: indígenas recebem animais para quintais produtivos

Na última sexta-feira, 02 de outubro, na aldeia Balança, em Aratuba, foi realizada a entrega de animais para beneficiários dos quintais produtivos. A ação é parte do Projeto Etnodesenvolvimento Ceará Indígena, realizado pela ADELCO com patrocínio da Petrobras. Rafaella Gondim, técnica do projeto, explica que para que o processo fosse feito de forma democrática, os

5 de outubro de 2015

Projeto leva prática de vacinação de aves a indígenas da etnia Kanindé de Aratuba

O projeto Etnodesenvolvimento Ceará Indígena, realizado pela ADELCO com patrocínio da Petrobras, realizou no último dia 02 de outubro, na etnia Kanindé, em Aratuba-CE, a prática sobre primeira vacinação das aves. Participaram da atividade os beneficiários dos quintais produtivos, uma das ações realizadas pelo Projeto. A prática teve como objetivo a prevenção de uma doença

25 de setembro de 2015

Etnodesenvolvimento – Oficina Ovinocultura e entrega dos animais – comunidade Jenipapo Kanindé

No dia 21 de setembro, foi realizada a oficina de ovinocultura com os beneficiários dos quintais produtivos do Projeto Etnodesenvolvimento Ceará Indígena, na etnia Jenipapo Kanindé. Os assuntos tratados na oficina foram: manejo reprodutivo, raças, aptidão, manejo sanitário, medidas de profilaxia e prevenção sobre as principais doenças, bem como o calendário de combate as verminoses,

8 de setembro de 2015

XX Assembleia Estadual dos Povos Indígenas do Ceará.

Etnias se reúnem na XX Assembleia Estadual dos Povos Indígenas do Ceará. A atividade acontecerá entre os dias 10 e 13 de setembro na Aldeia Varjota – Terra Indígena Tremembé de Almofala (Itarema-Ceará). A ADELCO participa da atividade e apoia o evento. A programação discutirá várias temáticas, entre elas: a situação da regularização fundiária em terras indígenas,

19 de agosto de 2015

Etnodesenvolvimento – Oficina de Criação de Aves

Nos dias 7 e 10,13 e 17  de agosto, na aldeia da Lagoa da Encantada em Aquiraz e nas comunidades Tapeba  da Ponte e Jandaíguaba, aconteceram as atividades da oficina de criação de aves, seguindo o modelo agroecológico. A oficina foi dividida em dois momentos distintos: um primeiro, que valorizou a troca de experiências sobre

10 de agosto de 2015

5º Etapa Local da 1º Conferência Nacional de Políticas Indigenistas, Aldeia Grota Verde, Tamboril-CE

Confira fotos da 5° etapa local da 1º Conferência Nacional de Políticas Indigenistas realizada entre os dias 06 e 08 de agosto, na Aldeia Grota Verde, em Tamboril-CE. Participaram desta etapa os indígenas das etnias Gavião, Potiguara, Tabajara e Tubiba-Tapuya. A etapa regional da Conferência Indigenista está prevista para os dias 01, 02 e 03

3 de agosto de 2015

II Etapa – Curso de Trilhas etnia Kanindé de Aratuba

Projeto Etnodesenvolvimento – Ceará Indígena – realizou, nos dias 1 e 2 de agosto, a II Etapa do Curso de Implantação de Trilhas na etnia Kanindé de Aratuba, com participantes das aldeias Fernandes e Balança. Neste segundo encontro foi discutido o que poderia ser melhorado nas trilhas, se haveria alguma necessidade de construção de pontos