Quem somos

A Adelco – Associação para Desenvolvimento Local Co-produzido, fundada em 2001, é uma entidade civil sem fins lucrativos, localizada em Fortaleza-Ce, e é filiada à Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (ABONG). Temos como eixos de intervenção:

  • Etnodesenvolvimento;
  • Habitabilidade;
  • Participação e organização política;
  • Desenvolvimento Institucional;
  • Meio Ambiente e agroecologia;
  • Segurança Alimentar e nutricional;
  • Direitos humanos, perpassando, sobretudo, o tema da igualdade de gênero.

As linhas de atuação da Adelco incluem ainda questões da Economia popular e solidária. Desde 2001, executamos um programa modelo para habitações indígenas, desenvolveu projetos de microcrédito habitacional, implantou o Fundo Emergencial para reforma e construção de casas populares e projetos com microcrédito produtivo, efetivou projetos de turismo solidário, cultural e étnico (artesanato, estruturação de trilhas etno-ecológicas, mapeamento, inventários participativos da fauna e flora). Na área de saneamento ecológico, construiu cisternas de captação de águas pluviais e fossas ecológicas e desenvolveu ações de monitoramento dos recursos hídricos e de educação ambiental. No campo da agricultura familiar investiu na agroecologia apoiando a organização da produção de quintais produtivos e de sistemas agroflorestais, e apoiou na comercialização dos produtos e apoiou na elaboração de Planos de negócio de empreendimentos coletivos. No campo da cultura facilitou formações sobre museologia e apoiou na estruturação de museus indígenas e na constituição de acervos ambientais. Em fim, no campo da cidadania, a ADELCO apoia seus parceiros no fortalecimento institucional e no controle social com ações de comunicação, de formação sobre direitos humanos, de campanhas de lobbying e advocacy.

Adelco em números:

  • 827 contratos de melhoria habitacional;
  • 236 de microcrédito produtivo, 30 com fundo emergencial;
  • 67 com quintais produtivos;
  • 519 fossas ecológicas;
  • 316 cisternas de captação de água de chuva,15 com 3 mandalas;
  • 2 Sistemas Agroflorestais;
  • 24 trilhas ecológicas;
  • 4 museus indígenas apoiados;
  • Mais de 8.000 pessoas formadas.

Temos como missão: Contribuir para a melhoria das condições socioambientais e fortalecimento político e cultural das comunidades tradicionais em situação de vulnerabilidade.

 

DIRETORIA EXECUTIVA:

Presidente: Sandra Araújo Oliveira

Tesoureira: Adelle Azevedo Ferreira

Secretária: Geny Marques da Silva

 

Conselho Fiscal:

Ricardo Figueiredo Bezerra

Silvia Barbosa Correia